Navegue
12
jul
2011

Editores de imagem: escolha o seu

inominável, por lufreitas, no Flickr em CCfoto minha

Um bom texto fica vinte vezes melhor com uma imagem à sua altura – ou melhor, de preferência. Desde que instalei o Windows 7, estou aqui em luta: a busca interminável por um editor de fotos. Acostumada ao Photoshop alternativo, resolvi que GIMP era a saída. A tal da “curva de aprendizado” está matando a produtividade. O que fazia em minutos virou horas – e isso é aborrecido.

Entretanto, o GIMP é bacana, potente, possível. Enquanto o cérebro vai acostumando com o outro jeito de fazer as coisas que preciso – já aprendi a corrigir as cores e acertar os tamanhos, estas foram mais ou menos fáceis – encontrei uma lista de aplicativos online, que também são grátis e ajudam muito na tarefa, tão fundamental para produzir conteúdo de qualidade.

Outro dia achei uma listinha simples de editores de imagem online. O seu defeito? Nenhum comentário a respeito dos mesmos (santa preguiça, Batman!). Então aqui vão os links com os meus comentários a respeito destas ferramentas tão úteis na vida de quem produz conteúdo.

Picnik – acho que foi o primeiro que usei. Hoje também é o editor interno no Flickr e em outros cantos da internets. Não exige registros e a versão grátis é rápida e bastante eficiente. Tem muitos recursos.

Photoshop.com – editor online bem parecido com o programão. Também não requer registro, mas você tem que subir a foto, trabalhar e depois trazer de volta, o que exige um tanto de paciência a depender da conexão. É MUITO limitado perto dos outros.

Pixlr – nunca usei o modo de efeitos. O editor online tem gosto e jeito do Photoshop instalado. Não dá pra fazer coisas complexas, mas o mais “básico” (recortes, redimensionar, tratar) está lá. Tentei usar para montagens e não foi uma boa experiência.

Ainda estão na fila para teste: Sumopaint, Dr. Pic, ReShade, Splash Up, Wow a Pic (este é pra fazer gracinhas), Aviary, Mugtug, Imgur, Picjuice, Phlook e Pixenate. Quem já usou algum deles, pode fazer seus comentários com gosto.

Para instalar, além do GIMP, há também o IrfanView. Programa aberto, gratuito e muito eficiente nas edições básicas.

Postado por:
Categorias:
tecnologia

Procurar

Canais

Novidades por e-mail

Se quiser receber as atualizações por e-mail, deixe seu endereço aí embaixo...

@lufreitas

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons — Tema LadybugBrasil desenvolvido por André Bets e Fabio Lobo