Navegue
18
jan
2008

é proibido proibir

Saiu na folha online agora há pouco. Em poucos minutos, o Sérgio Amadeu, rapidíssimo no gatilho, mandou post e anunciou o absurdo no twitter – além de telefonar pessoalmente para seus pares, parceiros e colegas de trabalho pedindo suporte. Enquanto trabalhava na programação do CampusBlog – ainda falta definir um caminhão de coisas – mandei bala no twitter.

É o mais profundo fim da picada. O que, no começo do blog, eu chamava “catapora” (enquanto isso, os caras do ar condicionado capricham na furadeira…). Agora vai para a categoria “protesto”. Onde já se viu? O juiz de Goiás decidiu – e vale para todo o território nacional:

Para o Procon/GO, “os jogos violentos ou que tragam a tônica da violência são capazes de formar indivíduos agressivos, sobressaindo evidente que é forte o seu poder de influência sobre o psiquismo, reforçando atitudes agressivas em certos indivíduos e grupos sociais”.

No site, o Procon/GO diz ainda que qualquer consumidor goiano que se deparar com a comercialização ou distribuição de “Counter-Strike” ou “EverQuest” pode acionar o órgão, visando a apreensão dos produtos.

No Brasil, todos os jogos comercializados oficialmente são classificados por faixa etária pelo Ministério da Justiça. “Counter-Strike” é vendido para maiores de 18 anos, enquanto “EverQuest” não possui distribuição oficial no país. No passado, quando ainda não havia a política de classificação, já foram banidos do país jogos como “Carmageddon”, “Postal” e “Grand Theft Auto”.

Apesar da decisão do juiz ser soberana – e deve ser acatada – acredito que podemos e devemos protestar. O e-mail de contato do Procon/Go: [email protected]. Mais: a direção de conteúdo da Campus Party decidiu manter a competição de Counter Strike programada pela área de games até que surja impedimento legal.

Uma boa camiseta para a gente mandar fazer: gamers pela justiça e liberdade! Está na hora de parar esta palhaçada. Ano passado foi a Cicarelli e o YouTube. Este ano é o Procon… quando é que este povo vai aprender que internet é lugar para transmitir conhecimento, não controlar?

Postado por:
Categorias:
Brasil, web/blogosfera

Procurar

Canais

Novidades por e-mail

Se quiser receber as atualizações por e-mail, deixe seu endereço aí embaixo...

@lufreitas

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons — Tema LadybugBrasil desenvolvido por André Bets e Fabio Lobo